Miami Heat busca o tricampeonato da NBA

0
470

Finais começam nesta quinta-feira (5) contra o San Antonio Spurs, em San Antonio, TX

Miami Heat
No jogo 7 em 2013, Miami Heat levou a melhor e se consagrou bicampeão

DA REDAÇÃO COM GLOBO ESPORTE – Prepare o coração para emoções fortes. Um ano depois de uma eletrizante decisão, San Antonio Spurs e Miami Heat voltam a se enfrentar a partir da noite de quinta-feira (5), em San Antonio, pelas finais da NBA.

A disputa, em melhor de sete jogos, tem tudo para ser ainda mais explosiva do que foi no ano passado, quando o Miami de LeBron James e companhia levou a melhor após sete disputadas partidas e conquistou o bicampeonato da liga profissional americana de basquete. Em sua quarta final seguida, em busca do tri consecutivo e seu quarto título na história, o time da Flórida vai encontrar um adversário mordido pelo derrota do ano passado e ansioso para demonstrar que o fato de ter sido dono da melhor campanha da longa temporada regular (76,5% de aproveitamento, com 62 vitórias em 82 jogos), não foi um mero acaso.

Após ter a segunda melhor campanha da Conferência Leste e quinta no geral na temporada regular (54 vitórias em 82 jogos), o Miami começou com tudo os playoffs, ao despachar o Charlotte Bobcats por 4 a 0. Depois vieram triunfos sobre Brooklyn Nets (4 a 2) e, na final da Conferência, uma consistente vitória por 4 a 2 sobre o Indiana Pacers. Já os Spurs, na fase de mata-mata, enfileiraram Dallas Mavericks (4 a 3), Portland Trail Blazers (4 a 1) e, por fim, bateram o Oklahoma City Thunder, do MVP da temporada regular, Kevin Durant, por 4 a 2.
Brasileiro no San Antonio

As quadras de Miami e San Antonio vão ver em ação grandes nomes do basquete mundial. Do lado do Heat, o maior deles é o ala LeBron James, para muitos o melhor jogador em atividade no planeta. Lebron vai ter a companhia de Dwyane Wade e do respeitado pivô Chris Bosh, entre outros craques. Pelos Spurs, mais uma vez o grande líder é o ala Tim Duncan, campeão quatro vezes da liga pelo time de San Antonio. Ao lado dele, o armador francês Tony Parker e o ala argentino Manu Ginnobili são promessas de vistosas atuações. Sem falar na presença do pivô Tiago Splitter, que pode se tornar o primeiro brasileiro a ser campeão da NBA.

“Vai ser uma série de altíssimo nível e estamos preparados para ganhar do Miami, que tem ótimos jogadores e um ótimo time. O modo como perdemos no ano passado foi difícil de engolir e estamos mordidos em busca desse titulo. A única forma de ganhar do Miami é passando a bola e jogando de forma coletiva. Nós aumentamos a velocidade do nosso time em relação ao ano passado e vamos lutar muito”, comentou Tiago.