MIAMI HEAT CORNER – Basquetebol

0
559

Miami Heat na briga pela liderança

campanha, mas sua irregularidade ainda preocupa um pouco os torcedores da equipe apontada como favorita ao título da temporada 2011-2012 da NBA.

Nesta semana, por exemplo, bateu inapelavelmente o New Jersey Nets por 30 pontos de vantagem na terça-feira, mas no dia seguinte, também disputado no American Airlines Arena, sofreu demais para derrotar o Atlanta Hawks desfalcado de seus dois melhores jogadores.
O grande problema do time do sul da Flórida é a ausência de um pivô que garanta uma participação mais ativa no garrafão. Joel Anthony, titular do Heat nesta temporada, tem habilidades defensivas mas é muito tímido no ataque. Assim, o time fica praticamente sem uma opção ofensiva para intimidar o adversário.

A preocupação é tão grande que a comissão técnica do time mantém uma vaga aberta para a eventual contratação de um pivô até o dia 15 de março, quando se encerra o prazo dado pela NBA para inscreção de novos jogadores. Os rumores apontam a probabilidade de o Miami Heat trazer Chris Kaman, do New Orleans Hornet, ou Rashid Wallace, que sairia da aposentadoria para tentar ajudar a ganhar o ambicionado anel de campeão algo que ele conseguiu somente uma vez jogando pelo Detroit Pistons.
Outro ponto que merece consideração é a dependência do time dos três craques. Recentemente, numa excursão pelo Oeste, o Miami Heat foi derrotado por um ponto pelo Utah Jazz e por dez pontos pelo Los Angeles lakers. Nos dois jogos, Chris Bosh não pôde atuar por ter sido dispensado para ir ao funeral de sua avó.

Resta aguardar o final da temporada regular, que termina em abril, para saber quem será o campeão da Conferência Leste: o Miami Heat, com seus craques, ou o chicago Bulls, com sua disciplina tática e a excelente fase de Derrick Rose. Ainda é cedo pra apontar o favorito.