Miami quer contratar 1,500 professores

0
589

Feira para contratação acontece amanhã e sábado. Profissional com qualquer formação pode se candidatar

Uma das profissões mais importantes do mundo, a ede educzador, está em crise na Flórida. As condições salariais desfavoráveis em comparação à outras profissões, têm levado as pessoas a opatarem cada vez menos pela carreira de professor. Enquanto no país a média salarial é de 48 mil dólares por ano, na Flórida os salários ficam em torno de 42 mil.
Em Miami-Dade a escassez atingiu números recordes. O condado precisa contratar pelo menos 1,500 profissionais para suprir sua necessidade da rede escolar para 2007/2008. Calcula-se que passe de 25 mil o déficit de professores em todo o estado, anualmente.
Uma das soluções tem sido a contratação de professores sem licenciatura em educação; pode lecionar um profissional que tenha formação em qualquer outra área. A medida foi permitida pelo Separtamento de Educação do estado para facilitar o preenchimento das vagas.
A saída tem sido realizar feiras de empregos em busca de professores. O evento acontece nos dias 11 e 12 de maio (sexta e sábado), entre as 9am e 12h, no Centro Kovens , da Universidade Internacional da Flórida-FIU (Biscayne Bay – 3000 NE 151 St.- Downtown Miami).