Miami respira futebol americano

0
576

Indianapolis Colts e New Orleans Saints jogam o Superbowl neste domingo, no Sun Life Stadium

O maior evento esportivo dos Estados Unidos será neste domingo e no nosso quintal: a final do futebol americano, que costuma bater recordes de audiência na televisão – com mais de 100 milhões de telespectadores somente aqui no país – e tem transmissão para todo o mundo, acontecerá em Miami. O renomeado Sun Life Stadium vai receber os times do Indianapolis Colts e do New Orleans Saints, no duelo pelo título da NFL, a liga profissional do esporte. Além da emocionante partida, o público vai acompanhar também o show da banda The Who durante o intervalo.
O 44º Superbowl reuniu as duas equipes de melhor campanha na temporada. Os Colts, campeões da Conferência Americana, terminaram o ano com 14 vitórias e apenas duas derrotas, depois de começarem a trajetória com 14 triunfos seguidos. Além disso, o quarterback da equipe, Peyton Manning, levou para a casa o troféu de jogador mais valioso do campeonato, pela quarta vez na carreira, um recorde. Já os Saints, do não menos talentoso Drew Brees, encerraram sua participação na temporada regular com três derrotas consecutivas, depois de ficarem invictos as primeiras treze rodadas. No entanto, a participação brilhante dos dois times nos playoffs indica que esta será uma das mais equilibradas e sensacionais partidas do futebol americano dos últimos tempos.

Esta é a primeira participação dos Saints no Super Bowl, o que não deixa de ser um presente para New Orleans. A cidade, que em 2005 foi arrasada pelo Furacão Katrina e ainda tenta se recuperar, merecia ver seu time na maior festa do esporte americano, até porque mostrou ter uma das torcidas mais animadas da Liga. Os Colts já estiveram na final antes: eles voltam a disputar um Superbowl três anos após a grande vitória sobre o Chicago Bears, aqui mesmo em Miami.

Outra atração à parte da partida, mas para quem vai assistir pela televisão, é a variedade de propagandas nos intervalos. A CBS, emissora responsável pela transmissão, anunciou que já negociou todos os espaços publicitários do Superbowl (cerca de 62 breaks), pela ‘bagatela’ de três milhões de dólares para cada inserção de 30 segundos. A audiência transforma os comerciais em eventos especiais, que ganham escala mundial com velocidade sem precedentes, por isso muitas empresas aproveitam para lançar seus produtos ou serviços neste dia.
Estarão presentes nesta batalha pelos consumidores empresas como Coca-Cola, Bridgestone, Audi, Inbev, Audi of America,  Doritos ( Pepsi-Co),  Honda, Hyundai, Mars entre outros. “Trata-se do mais rentável evento esportivo anual do mundo. É uma forma de gerar reconhecimento rápido e maciço”, disse Andrew Burke, vice-presidente de Marketing da Diamond Foods., justificando o investimento. 
Um dos comerciais que já está atiçando a curiosidade do público é o da HomeAway, empresa online de aluguel de imóveis para férias, que pretende lançar propaganda com os personagens do filme ‘Férias Frustradas’ (‘National Lampoon’s Vacation’, no original em inglês), um clássico do cinema besteirol dos anos 80. No entanto, outras gigantes americanas desistiram de gastar tanto dinheiro para anunciar durante o Superbowl: a GM, a Fedex e a Pepsi, por exemplo, que vinham há muito tempo reservando espaços publicitários na transmissão da final do futebol americano, não aparecerão este ano.

Quem também precisou desembolsar um bom dinheiro foram os torcedores dos Saints e Colts, que pagaram cerca de mil dólares por ingresso. Ainda há tickets disponíveis em sites especializados (www.ticketcity.com ou www.viptickets.com), mas as opções mais baratas já estão custando mais de mil e quinhentos dólares. No mais, é só esperar para ver quem vai levantar a taça neste dia 7 de fevereiro.

Entendendo um pouco do esporte da bola oval

Muitos brasileiros torcem o nariz para o futebol jogado com a bola oval, mas na maior parte dos casos isso acontece por pura falta de conhecimento das regras de um esporte dinâmico e interessante. Portanto, é importante entender as regras básicas para acompanhar, pelo menos, o Superbowl – o equivalente a uma final de Copa do Mundo.

Em resumo, o jogo consiste em ganhar território para marcar pontos, seja através de um ‘touchdown’ (jogada de seis pontos em que a bola é conduzida até a chamada ‘end zone’) ou ‘field goal’ (lance de três pontos no qual a bola passa sobre a barra horizontal e entre os postes da trave). Para tanto, o time que está com a posse de bola tem quatro chances de avançar cada 10 jardas e assim sucessivamente – é possível conquistar muito mais do que 10 jardas numa única jogada, lançando ou correndo com a bola. Caso o objetivo da progressão pelo campo não seja atingido, o outro time retoma a bola, normalmente depois de um ‘punt’ (um chute para o alto).

Serviço

Superbowl – 44ª edição
Indianapolis Colts X New Orleans Saints
Onde: Sun Life Stadium (Miami)
TV: CBS / Canal 4
Horário: kickoff às 6:30 pm