Michael Oliveira conquista cinturão latino em Pompano

0
526

Pugilista brasileiro almeja agora a disputa do título mundial

A maior revelação do boxe brasileiro, o pugilista Michael Oliveira, mostrou porque todos apostam que ele estará na disputa de um título mundial em breve. Num combate realizado diante da comunidade brasileira, em Pompano Beach, ele arrebatou o cinturão latino-americano dos pesos médios, versão UNBC, ao derrotar o norte-americano Robert Kliewer. A vitória, a oitava de sua invicta carreira, veio por pontos e Michael se tornou o primeiro boxeador sul-americano a conquistar tal título antes de completar 20 anos de idade.

“A luta não foi nada fácil. Meu adversário era maior do que eu, com maior envergadura, e tive de me expor aos golpes dele para encaixar os meus. Queria a vitória por nocaute, mas o cinturão veio por pontos, o que não é nada mau”, disse Michael, que já venceu seis lutas por nocaute – cinco delas no primeiro assalto. O adversário, de 22 anos, já havia lutado 20 vezes, com 10 vitórias. Mesmo com maior experiência, o americano não conseguiu superar o preparo físico e técnico de Oliveira ao final dos oito rounds. Os golpes de Michael levaram Kliewer para a lona em duas oportunidades.

A decisão dos jurados foi unânime e Michael e a torcida brasileira puderam comemorar o feito. Animado, o pugilista, chamado de ‘Chairman of the Board’ numa referência ao ídolo Frank Sinatra, não tem dúvidas de que vai disputar o título mundial, “de preferência em Las Vegas, conforme promessa que fiz para meu avô”. Antes disso, porém, o brasileiro vai defender seu título no dia 7 de novembro, em Connecticut, provavelmente diante da grande comunidade brasileira naquele estado americano.