Milton Nascimento se despede dos palcos na Califórnia nos dias 13, 14 e 16

O artista promete cantar os maiores sucessos de todas as fases de sua carreira em show emocionante

0
1196
Milton Nascimento celebra 60 anos de carreira e 80 anos de vida (Foto: Marcos Hermes/Divulgação)
Milton Nascimento celebra 60 anos de carreira e 80 anos de vida (Foto: Marcos Hermes/Divulgação)

Uma das vozes mais marcantes da música popular brasileira, o cantor Milton Nascimento, está fazendo sua turnê de despedida dos palcos pelos EUA este mês e encerra a temporada com três shows na Califórnia: duas noites em Los Angeles (13 e 14) e uma em Berkeley (16), na região metropolitana de San Francisco.

Com uma trajetória que inclui 60 anos de carreira e 80 anos de vida, Milton Nascimento decidiu fazer uma última homenagem aos fãs com uma turnê internacional que promete ser épica: “One Final Music Session”. “A turnê marca minha despedida dos palcos. Mas, da música, nunca”, o cantor faz questão de ressaltar. São 43 álbuns, cinco prêmios Grammy e um diploma honorário de doutor da respeitada escola de música Berklee, em Boston.

Milton promete cantar seus maiores sucessos. “Seria impossível me despedir sem colocar no repertório músicas de todas as fases da minha carreira”. E acrescenta: “queremos proporcionar uma experiência única e emocionante, do início ao fim”. Clássicos como “Ponta de Areia”, “Encontros e Despedidas”, “Travessia”, “Cio da Terra” e “Nos Bailes da Vida”, não podem faltar. “O resto é surpresa”, diz.

A procura em Los Angeles foi tão grande que os ingressos logo esgotaram para a quinta-feira (13). A Brazilian Nites resolveu então disponibilizar também a noite seguinte (14). Os ingressos para sexta-feira estão à venda no site https://braziliannites.com por $45 mais taxas. Os shows estão marcados para as 20h, no Mayan Theater (1038 South Hill Street), em Downtown.

Em Berkeley, o show acontece no domingo (16), a partir das 20h, no UC Theatre, com capacidade para 1.400 lugares. Os ingressos custam $50.

O espetáculo “One Final Music Session” é dirigido por Augusto K. Nascimento. O cenário do palco é desenhado pelos artistas OSGEMEOS, e as roupas usadas por Milton são do estilista Ronaldo Fraga. A direção musical é do maestro Wilson Lopes.


Paulistano lança livro em Marina Del Rey

Túlio Hopper aposta no humor (Foto: Divulgação)
Túlio Hopper aposta no humor (Foto: Divulgação)

Como ator, ele já foi Power Ranger, também já lançou álbum de composições próprias como cantor, e agora investe em mais uma de suas paixões: a escrita. O versátil paulistano Túlio Hopper lança neste domingo (9) seu primeiro livro de crônicas. O evento acontece a partir das 16h, na Zebi Designs Gallery (13373 Beach Ave.), em Marina Del Rey.

Há 4 anos em Los Angeles, Túlio atualmente cursa faculdade de Relações Internacionais na cidade. Seu entusiasmo pela leitura começou desde cedo e só aumentou ao conhecer os textos de grandes cronistas, como Rubem Braga e Stanislaw Ponte Preta. “A crônica brasileira é alegre, divertida”, diz.

É exatamente essa a pegada de seu livro de estreia “O que vai ser, meu filho?” (Ed. Scortecci), em que compartilha histórias engraçadas da sua juventude e observações do cotidiano, muitas delas publicadas nos anos em que foi cronista do jornal Tribuna de Barueri. “O titulo faz alusão a uma pergunta que meu pai sempre me fazia e para a qual comecei a inventar respostas diferentes”, lembra Túlio.

No melhor estilo “a arte imita a vida”, Túlio já trabalhou em diversas áreas. Em 2015, lançou o álbum “Romance Urbano”, que pode ser conferido no Spotify e na Apple Music. Sua voz também está registrada na série “Power Rangers Ninja Steel”, como dublador do Power Ranger vermelho.

Essa diversidade de experiências dá a tônica do livro, que “trata do que seremos de fato quando crescermos”, conta. “Acho que a gente não precisa ser uma coisa só”, resume Túlio Santana, que adotou o sobrenome artístico Hopper em homenagem ao seu pintor americano favorito, Edward Hopper. “Ele capta a solidão das pessoas nas grandes cidades e eu me identifico muito com essa reflexividade”, diz o escritor.

O livro terá versões em português e inglês. No lançamento, será vendido em papel por $15, mas o e-book também pode ser adquirido nos sites da Amazon e Barnes & Noble por $5.

O evento contará ainda com coquetel, leitura de algumas crônicas e música ao vivo com Denys Cristian, com quem Túlio prepara um novo álbum a ser lançado em breve: “Serão 9 músicas em inglês e uma em espanhol”, antecipa.


Festival de cinema brasileiro está de volta

Depois de um breve hiato de um ano, o Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF) estará de volta em novembro. A maior celebração do cinema nacional na Costa Oeste está marcada para começar no dia 5, no Harmony Gold Theatre, em Hollywood. E as mais de 100 horas de programação seguem até o dia 9 no Laemmle Theatre, em Santa Monica. Os ingressos já estão à venda no site labrff.com.

Na última edição, realizada de forma remota em 2020, a fundadora Meire Fernandes anunciou que o festival estava fechando as portas, pelas dificuldades de manter um evento desse porte sem contar com apoio robusto à cultura brasileira. “Essa pausa foi necessária para rever o que de fato era essencial. Agora, é hora de retomarmos o trabalho, e continuar fazendo o que sempre fizemos: promover o cinema brasileiro em Hollywood”, diz Meire.

A competição de videoclipes também está de volta. O Los Angeles International Music Video Festival chega à sua 3ª edição. Ainda fazem parte do LABRFF a feira de mercado, o BFM (Brazilian Film Market), e a organização do BWIE (Brazilian Women in Entertainment).