Mitt Romney ganha primárias em Arizona e Michigan

0
562

O aspirante à indicação presidencial republicana Mitt Romney foi bem no Arizona, mas perdeu boa parte dos delegados em Michigan, seu estado natal

DA REDAÇÃO – A estratégia de campanha de Mitt Romney deu resultados favoráveis nesta terça-feira à noite no Arizona, onde obteve uma fácil vitória, mas foi preocupante em Michigan. Rick Santorum está nos seus calcanhares e conquistou vários dos 30 delegados em jogo no estado natal do ex-governador de Massachusetts.

Além de somar apoios, Santorum voltou a colocar uma cota extra de pressão sobre a campanha de Romney e, como no Colorado, Minnesota e Missouri, levou indecisão à base do partido republicano que continua sem achar a fórmula para limpar o caminho para a escolha do rival que na primeira terça-feira de novembro enfrentará o presidente Barack Obama.

Romney venceu em Michigan com 41% dos votos, seguido por Santorum com 38%, Ron Paul 12% e Newt Gingrich 7%. No Arizona, Romney obteve 47% dos votos, enquanto Santorum alcançou 26%, Gingrich 16% Paul 8%.

Os resultados das primárias, segundo os especialistas, indicam que a decisão deve mesmo ficar para a Super Terça, que se realiza em março, e provavelmente depois. Apesar da vantagem, Romney não terá vida fácil nos próximos dias e há sérias dúvidas se Romney poderá convencer a base do partido republicano de que ele pode obter o apoio dos votantes mais conservadores para ganhar finalmente a indicação em agosto.

As previsões para a Super Terça projetam que Romney será o grande favorito em quatro estados (Vermont, Virginia, Idaho e Massachusetts), mas deve ter dificuldade nos quatro estados mais importantes deste dia: Ohio, Tennessee, Geórgia e Oklahoma.

Santorum lidera as pesquisas em Ohio, Tennessee e Oklahoma, enquanto Gingrich está ganhando na Geórgia. Os especialistas acreditam que Santorum, depois de ganhar no Colorado, Minnesota e Missouri, há três semanas, e dificultar as coisas para Romney em Michigan, tem mais possibilidades do que Gingrich de ganhar a indicação. Quanto ao futuro de Paul, que não ganhou nenhum estado até agora, poucos acreditam que terá alguma relevância.

Com a incerteza pairando sobre a Super Terça, os analistas disseram que as probabilidades de Romney confirmar sua indicação “são diminutas”, razão pela qual “a disputa pode estender-se por mais algumas semanas ou mesmo alguns meses mais “.