Mobilização nacional pela reforma

0
501

Decepcionados com discurso de Obama, ativistas prometem retomar marchas em favor da imigração, provavelmente em maio

O discurso de Barack Obama sobre o Estado da União, na semana passada, deixou os ativistas preocupados. Como o presidente limitou-se a dizer apenas duas frases sobre imigração, muitos acreditam que o tema está perdendo força. Por isso, representantes de organizações de defesa dos direitos humanos vão se reunir para traçar o passo seguinte nesta batalha pela aprovação de uma reforma. Uma das ideias é retomar as marchas em várias cidades do país.

“A atual administração prometeu a reforma no primeiro ano de gestão, depois adiou o projeto e hoje temos dúvidas se há empenho por parte do governo e dos parlamentares”, lamentou Juan José Gutiérrez, diretor do Movimento Latino USA de Los Angeles. Segundo ele, somente com a volta da pressão da sociedade o objetivo poderá ser alcançado.

Os ativistas já tiveram uma reunião na semana passada e ficou decidido que as manifestações simultâneas, em todos os cantos do país, são uma boa forma de trazer de volta a questão da imigração aos noticiários. O próximo encontro, também em Los Angeles, vai definir a data das marchas, mas é quase certo que seja no dia 1º de maio, como aconteceu nos anos anteriores.