Morre nona vítima de ônibus incendiado em onda de violência no Rio

0
564

Morreu na noite de domingo (25) a nona vítima do ataque ao ônibus da Viação Itapemirim durante a onda de violência que atingiu o Rio de Janeiro no final do ano. Criminosos atacaram o ônibus na madrugada do dia 28 de dezembro.

Fernanda Daibert Furtado, 20, estava internada no hospital Souza Aguiar com 54% do corpo queimado. Ela teve falência múltipla dos órgãos.

O corpo da vítima foi liberado na manhã desta segunda-feira para a família. A modelo Maria Beatriz Furtado, que continua internada.

O ônibus, que havia saído de Cachoeiro de Itapemirim e seguia para São Paulo, foi surpreendido no trevo das Missões, que liga a avenida Brasil à rodovia Washington Luís.

Um dos criminosos entrou, roubou passageiros, jogou gasolina no corredor e depois ateou fogo no veículo. O veículo levava 28 passageiros. Sete morreram na hora, carbonizados.

Os corpos dos sete primeiros mortos no incêndio tiveram de ser identificados por meio de exames de DNA.

Com a morte de Fernanda, subiu para 19 o número de mortos na onda de ataques.