Mulher enganava imigrantes em New Jersey

0
543

Uma mulher no norte de New Jersey roubou cerca de $100 mil dólares de uma dezena de imigrantes em situação irregular com promessas falsas de ajudá-los a obter a cidadania, informaram os promotores esta semana.

Maritza Chávez, de 45 anos, se declarou culpada de 26 acusações de roubo mediante enganos. Será condenada em 14 de março a um máximo de 10 anos de prisão e ao pagamento de $104 mil dólares em indenizações.

Os promotores disseram que Chávez se fazia passar por advogada e assegurava aos clientes que apresentaria seus documentos às autoridades federais. Ela cobrava entre $80 e $60 mil dólares por cliente por supostos serviços legais que não estava em condições de oferecer.