Murais de Carybé em exposição em Miami

0
532

Obras do artista argentino naturalizado brasileiro ficarão no aeroporto, graças à iniciativa da Odebrecht e da American Airlines

A arte brasileira estará em exposição permanente no Aeroporto Internacional de Miami, um dos mais movimentados do país. Dois painéis de Carybé, artista que nasceu na Argentina e viveu no Rio de Janeiro e Salvador, serão instalados no Terminal Sul ainda na primavera de 2009. As obras são ‘Alegria e Festa das Américas’ e ‘A Descoberta do Oeste’ e chegam numa iniciativa conjunta da American Airlines, Organização Odebrecht e Prefeitura de Miami.

A história destes painéis, porém, começa no final dos anos 50, quando a American Airlines organizou um concurso para criar obras de arte que ficariam expostas permanentemente no setor leste de um então recém-criado terminal do aeroporto JFK de New York. Hector Julio Páride Bernabó, nome verdadeiro de Carybé, participou do concurso e venceu (primeiro e segundo lugares) a disputa com artistas de todo o mundo. Os trabalhos retratam o festival de cores do continente americano, com um toque especial de Salvador, onde Carybé viveu a maior parte de sua vida, e a jornada dos pioneiros em direção ao Oeste Americano. Desde 1960, milhões de passageiros admiraram o esplendor das referidas obras.

Obras no aeroporto

Com as obras no aeroporto de New York e a demolição daquele terminal, o destino dos murais era incerto. Essa triste notícia chegou aos ouvidos do presidente da Odebrecht nos Estados Unidos, Gilberto Neves. Graças à filosofia da Odebrecht de responsabilidade social e compromisso com a comunidade, os murais puderam ser preservados. Para tanto, a empresa brasileira, que assumiu os custos da remoção, restauração, transporte desde New York, contou com o apoio da American Airlines.

Os murais medem aproximadamente 5 x 16 metros e pesam mais de uma tonelada cada um. Para trazê-los para Miami, a equipe de restauradores dividiu as obras em seis partes e a finalização dos trabalhos deve acontecer nas próximas semanas. “A arte de Carybé capta o sabor multi-étnico da cidade de várias maneiras, refletindo a diversidade de culturas de Miami”, destaca a diretoria da Odebrecht, em um comunicado.