Murais de Carybé no Aeroporto de Miami

0
787

Argentino mais baiano do mundo tem suas obras expostas no sul da Flórida

Brasil e Flórida mantém laços comerciais fortes, e agora também culturais. A partir de 25 de junho, os passageiros que viajam pelo Aeroporto Internacional de Miami (MIA) podem apreciar dois murais criados pelo artista brasileiro Carybé. Os murais, recuperados do antigo terminal da American Airlines no Aeroporto JFK de Nova York, onde foram exibidos durante meio século, passam a ilustrar as paredes do Aeroporto de Miami.

Os dois murais foram criados por Carybé, após ter ganho o primeiro e o segundo prêmios num concurso internacional, realizado em 1959, que tinha como objetivo levar arte pública ao aeroporto de Nova York. “Rejoicing and Festivals of the Americas” e “The Discovery and Settlement of the West” estiveram sob risco de serem destruídos quando o terminal foi designado para demolição. A American Airlines doou, então, os murais para o condado de Miami-Dade County para exibi-los no MIA.

A Odebrecht, empresa brasileira de construção, investiu na preservação dos murais, ao remover, restaurar e transportá-los para Miami, além de instála-los no MIA.