Na NBA tudo aponta para final entre Lakers e Celtics

0
420

Times de Los Angeles e Boston abrem dois jogos de vantagem

Uma das maiores rivalidades do basquete americano provavelmente será reeditada nas finais da NBA – a liga profissional do esporte nos Estados Unidos: Los Angeles Lakers e Boston Celtics abriram dois jogos de vantagem sobre seus adversários na decisão das conferências, respectivamente Phoenix Suns e Orlando Magic, e deram um passo gigantesco para garantir presença no encerramento da temporada.

Na Califórnia, os Lakers despacharam o Phoenix na segunda partida da série na Conferência Oeste, com grande atuação de equipe. Se no primeiro jogo Kobe Bryant foi fundamental anotando 40 pontos, o entrosamento dos jogadores e a obediência ao esquema tático do técnico supercampeão Phil Jackson, o maior vencedor de títulos na NBA. No domingo, Lakers e Suns voltam à quadra, agora no Arizona.
Na Conferência Leste, o jogo de equipe do Boston foi demais para o ‘Superman’ Dwight Howard nos dois primeiros confrontos. Na segunda partida, os Celtics derrotaram o Orlando Magic por 95 a 92, na Flórida. A série melhor de sete jogos continua neste sábado, desta vez em Massachusetts, onde o time verde é quase imbatível. Paul Pierce foi o grande destaque e cestinha do time, com 28 pontos. No Orlando, mesmo marcando 30 pontos, Howard saiu derrotado e vê cada vez mais distante a chance de marcar presença na final por dois anos consecutivos (ano passado o Magic perdeu para os Lakers).

Caso se confirme Los Angeles e Boston na final, a NBA terá de volta ao topo duas das franquias mais vitoriosas da história: Lakers e os Celtics são os times que têm mais títulos (15 para o time da Califórnia e 17 para a equipe de Massachusetts). Os rivais já se enfrentaram em onze ocasiões na decisão, a última delas em 2008, quando o Boston venceu o confronto.