No Brasil, recessão acabou

0
814

Economia do país cresce 1,9% de abril a junho

Recessão é coisa do passado no Brasil. A economia local cresceu 1,9% no segundo trimestre do ano, em comparação aos três meses imediatamente anteriores, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Produto Interno Bruto (PIB), ou a soma de todas as riquezas do país, superou os 756 bilhões de reais.

De acordo com os economistas, a recessão técnica é definida pela queda consecutiva no PIB, medido a cada trimestre do ano. Como a economia registrou recuo nos últimos três meses de 2008 (3,6%) e no primeiro trimestre de 2009 (0,8%), o país estava em recessão técnica – a primeira desde 2003. No entanto, os resultados do último período tiraram o Brasil desta situação.

O consumo das famílias foi determinante para aquecer a economia – este índice foi 2,1% maior do que no trimestre anterior, mas o setor de serviços foi a única atividade a apresentar crescimento (2,4%) – a indústria encolheu 7,9% e a agropecuária, 4,2%. Pior foi para a construção civil, que caiu 9,5% no período.

Diante destes dados, os especialistas não vibraram muito com a notícia do fim da recessão técnica, pois acreditam que a economia só apresentou melhoras graças aos estímulos fiscais do governo e que ainda não tem condições de andar por suas próprias pernas.