Novo corte de postos de trabalho frustra economistas

0
532

 A economia americana perdeu, no setor privado, cerca de 10 mil postos de trabalho no mês de agosto. O resultado decepcionou os especialistas, que estimavam um incremento de pelo menos 20 mil vagas, e representa um queda acentuada em relação ao período anterior – em julho foram criados 37 mil empregos. “O declínio do nível de emprego no setor privado em agosto confirma uma pausa na retomada econômica já evidente em outros indicadores”, diz o relatório preparada por uma consultoria.

A desaceleração foi mais evidente nos setores mais importantes e de maior porte. O declínio deste mês sucede seis meses consecutivos de aumento, de fevereiro até julho. Nesses seis meses, o crescimento médio do nível de emprego foi de 37 mil, mas sem nenhuma evidência de aceleração, de acordo com os economistas