Novo parque da Disney traz muita cor, mas pouca novidade

0
558

Houve mudança nas filas de espera, mas o brinquedo mais espero ainda esta a caminho

Joselina Reis

Disney

Depois de uma festa gigantesca em dezembro para anunciar a abertura oficial do novo parque, o Fantasyland dentro do Magic Kingdom, a expectativa do público com certeza era grande sobre as novidades que a Disney poderia oferecer. Com certeza, o parque, como todos os outros, continua sendo o destino preferido das crianças e adolescentes, mas o passeio mais aguardado só vem em 2014. A mina de diamantes dos sete anões vai se transformar em uma espécie de montanha russa e levar os turistas a uma viagem pela estória da Branca de Neve.

Enquanto isso não acontece, o novo Fantasyland mostra uma viagem divertida pelo mundo do circo, mas com poucas novidades.
Para começar, o passeio do avião do Pateta (Barnstormer the Great Goofini) é realmente para crianças pequenas. Adultos não podem se acomodar nos assentos e o passeio, além de durar um minuto, não tem grandes movimentos como uma montanha russa. Mesmo assim a novidade vem atraindo filas enormes.

Uma mudança positiva, no novo passeio do elefante orelhudo Dumbo, é a tenda com atividades para crianças durante a espera. Ao contrário de todos os outros passeios e eventos dentro do parque, as crianças e adultos não ficam parados aguardando o tão sonhado um minuto dentro do elefante que sobe e desce.

Na tenda coberta e refrigerada, elas têm um parquinho onde podem se exercitar até que chegue sua vez de subir no elefante. Os pais podem sentar e aguardar com um pager, como aqueles que os clientes recebem em um restaurante lotado aguardando pela mesa.

Do lado de fora, uma enorme tenda foi erguida com diversas mesas onde as famílias podem se concentrar para um lanche ou apenas descansar. As máquinas para Fast Pass (bilhetes com hora marcada para alguns passeios muito concorridos) também estão lá, fazendo do local um ponto de encontro. No entanto, o velho truque de pegar vários Fast Pass e só aguardar a sua hora de ir para certos brinquedos não é mais possível. O sistema sabe quantos Fast Pass o cliente tem e agora é preciso usá-los antes de pegar outros.

O tão aguardado restaurante Be our Guest um castelo no estilo francês que seria o mesmo local da história de amor entre a Bela e a Fera realmente é muito bonito. No entanto, só é permitido a entrada de visitantes até as 9am depois disso só se o cliente tiver reservas para o almoço ou lanche. Nada de olhadinha na arquitetura, isso pode perturbar os convidados, segundo afirmou muito gentilmente um dos funcionários.

Ainda envolvendo a mesma história “A Bela e a Fera” a atração História Encantada com Bela (Enchanted Tales With Belle em inglês) traz algo diferente. A princesa em pessoa interage com um público não maior do que trinta pessoas por vez. Ela dramatiza a história com a ajuda de alguns escolhidos da platéia e posa para fotos. O tempo de espera está em torno de uma hora se o turista não tiver o Fast Pass.
Para ajudar o público a enfrentar as longas filas, pelo menos por enquanto, o Magic Kingdom está com portões abertos até mais tardes. A Magic Hours ( hora mágica) vai até às 3am.