Número de brasileiros presos no exterior sobe 28%

0
481

Dados do Ministério de Relações Exteriores (Itamaraty) revelam que o número de brasileiros presos no exterior cresceu 28% desde 2011. O total de presidiários em outros países passou de 2,5 mil, no fim daquele ano, para 3.209 ao término de 2013. 

A informação é da diretora do Departamento Consular e Brasileiros no Exterior do Itamaraty, Luiza Lopes da Silva. Ela disse que o aumento se deu principalmente em países vizinhos do Brasil. Nessa região, o total de brasileiros presos cresceu 14% entre 2012 e 2013. O vizinho sul-americano com mais presidiários brasileiros é o Paraguai (314), seguido por Bolívia (127) e Guiana Francesa (108).

O país com maior número de brasileiros presos, porém, continua sendo os Estados Unidos, sede da maior comunidade nacional no exterior. Ao fim de 2013, 726 brasileiros estavam em prisões americanas – e, desses, apenas 2% por narcotráfico.

O continente com o maior número de brasileiros presos, no entanto, é a Europa, com 1.108 detentos.

Apesar do crescimento, o número de brasileiros presos é ínfimo se comparado ao tamanho da comunidade nacional no exterior. Levando em conta a estimativa do Itamaraty de que 2,5 milhões de brasileiros vivam em outros países, a porcentagem de encarcerados é de 0,1%.