Número de deportações cresceu mais de 10% na gestão de Obama

0
653

Mais um dado comprova que o governo do presidente Barack Obama deportou um número sem precedentes de indocumentados. De acordo com uma reportagem do jornal Washington Post, baseada em estatísticas dO ICE, o ano fiscal de 2010 deve totalizar a expulsão do país de 400 mil pessoas, 10% a mais do que em 2008, no último ano da administração Bush e 25% a mais do quem 2007.

Estatísticas mostram que no período fiscal de 2009 houve mais de quase 388 mil deportações, sendo que apenas 136 mil tinham antecedentes criminais. Desde o início do ano fiscal de 2010 (ou seja, a partir de 1º de outubro do ano passado), já foram deportadas 227 mil pessoas e apenas metade delas tinha cometido algum delito.

O periódico acrescenta que o ritmo das operações realizadas por agentes federais em empresas americanas em busca de trabalhadores sem autorização também aumentou em cerca de quatro vezes em comparação ao antigo governo. Segundo o Washington Post, a intenção de Obama é mostrar que o governo está empenhado em aplicar as leis vigentes e, com isso, obter apoio republicano para a reforma.