Número de foreclosures diminui no mês de setembro no estado da Flórida

0
491

Pelo terceiro semestre consecutivo o número de foreclosures no sul da Flórida caiu de acordo com empresas do ramo imobiliário. Com isso, os corretores e empresas de empréstimo acreditam que setor imobiliário está em ritmo rápido de recuperação.

No condado de Broward foram registrados 3.279 novos casos de foreclosures no mês de setembro, o que representa 22% a menos do que setembro do ano passado. O condado de Palm Beach também foi diferente, 1.798 novos casos, um valor 7% menor do que o mesmo período no ano passado. No geral, no estado da Florida o número de foreclosures também caiu 22%.

No entanto, alguns especialistas acreditam que esse número pode não representar a real imagem do problema e ser totalmente diferente nos próximos meses. Desde primeiro de julho deste ano, uma lei estadual está exigindo mais dos bancos e empresas de empréstimo que queiram começar os processos de foreclosures.

“Acreditamos que possa haver outros fatores, mas com certeza eu acredito que essas novas exigências em vigor desde primeiro de julho têm afetado o início de novos processos de foreclosures no nosso condado”, disse Sharon Bock, representante do condado de Palm Beach.

Mesmo com os bons números se comparado com o mesmo período do ano passado, o estado da Florida ainda é o primeiro em foreclosures nos EUA. Dos 658,4 mil casos registrados entre agosto de 2012 a agosto de 2013 nos 50 estados americanos, 111 mil deles ocorrem na Flórida, quase 17%. O segundo estado no ranking é o Michigan, com 60 mil casos, e em terceiro a Califórnia com 58 mil.

Embora a recuperação da Flórida tem sido altamente comemorada, o número de casas em processo de foreclosure continua alto, em cerca de 7.9%.

A Flórida também é campeã de atrasos no pagamento dos empréstimo. Em agosto deste ano 12,4% dos contratos de empréstimo estavam com prestações atrasadas há mais de três meses. A estatística nacional é de apenas 5.3%.