Números na FL confirmam que mercado imobiliário ainda sofre

0
551

Em Broward, quatro em dez imóveis negociados no verão estavam em foreclosure e média de preços está quase 25% abaixo do normal

Propriedades em foreclosure foram responsáveis por cerca de 42% dos negócios fechados no terceiro trimestre de 2010 (julho a setembro) em Broward, de acordo com o site RealtyTrac. Especialistas confirmam que esta é uma tendência que deve se repetir nos próximos períodos. Para se ter uma ideia do que isso representa, basta dizer que em 2005, no boom imobiliário, apenas 1% das casas vendidas nos Estados Unidos estavam em foreclosure.

Na Flórida, o Condado teve o segundo pior resultado neste quesito, atrás apenas de Miami-Dade: Foram 4.688 vendas envolvendo imóveis que estavam poder dos bancos depois da execução da hipoteca, um número 6% abaixo do trimestre anterior. Em Palm Beach, a situação não foi muito diferente e o Condado registrou 31% das casas negociadas na mesma situação (2.303 propriedades).

“Foreclosures ainda são uma fatia importante do setor imobiliário e isso vai continuar até a recuperação completa”, admitiu Daren Blomquist, da RealtyTrac. As vendas têm atraído principalmente os compradores da primeira casa, que são atraídos por preços bem abaixo do mercado. A média de preço dos imóveis vendidos em Broward foi em torno de 122 mil dólares, quase 24% abaixo do normal.