O monstro de Cleveland suicidou-se

0
629

Ariel Castro, que manteve três moças em cativeiro durante dez anos, se enforca na prisão

Ariel Castro, 52 anos

Ariel Castro, 52 anos, que foi condenado no mês passado à prisão perpétua e mais mil anos por sequestrar e estuprar três mulheres, bem como de homicídio, foi encontrado enforcado em sua cela na prisão na noite de terça numa prisão em Orient, Estado de Ohio.

A equipe médica da prisão ainda tentou reanimá-lo, mas não conseguiu. Castro foi levado para o hospital universitário de Ohio, onde foi declarado morto às 22:52

Entre 2002 e 2004, Ariel Castro sequestrou e estuprou três moças que eram mantidas em cativeiro no sótão de sua casa, sem que ninguém soubesse. Este ano, uma delas, Amanda Berry, conseguiu comunicar-se com um vizinho na ausência de Castro que abriu a porta da liberdade para as três e mais uma menina de seis anos que nasceu no cativeiro.

Em primeiro de agosto, Castro se declarou culpado de 937 acusações para escapar da pena de morte. Na sentença, o juiz disse que não havia lugar no mundo para Ariel Castro, por isso ele nunca mais deixaria a prisão.