Obama: “É o princípio do fim da crise”

0
708

Pacote de estímulo econômico de 787 bilhões de dólares começa a sair do papel

Agora é lei. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou o plano de estímulo econômico de 787 bilhões de dólares e manifestou a sua confiança no sucesso da iniciativa. “É o princípio do fim da crise”, afirmou. Um dos objetivos do projeto, aprovado na semana passada pelo Congresso americano, é salvar ou criar entre três e quatro milhões de empregos no país.

Durante o dicurso em Denver, onde foi assinada a lei, Obama disse que o plano vai proporcionar ‘’alívio às famílias americanas’’, já que vai resgatar a economia. Menos de um mês após assumir o cargo, o presidente afirmou que quer manter o sonho americano vivo e agradeceu a união de todos pela aprovação do pacote. Para ele, o que torna fundamental a empreitada é a mudança da perspectiva do país e o resgate da confiança da população. Vale lembrar que o plano prevê investimentos pesados em educação, saúde e infraestrutura. O estímulo ao consumo não foi esquecido. O pacote também injetará recursos em iniciativas de energias renováveis.

Defensores das medidas dizem que, sem o pacote, a crise poderia se estender até 2010, pelo menos. Mas com as medidas, a expectativa é que os resultados já comecem a aparecer.