Obama promete que vai combater aquecimento global

0
570

Futuro presidente dos EUA quer dar prioridade às mudanças climáticas

Ao chamar as mudanças climáticas de um “desafio urgente”, o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu que Washington tomará um papel de liderança no combate ao aquecimento global não apenas nos EUA, mas no mundo inteiro. Obama endereçou seu comentário aos participantes – entre eles 800 cientistas de 19 países – de uma conferência sobre o clima, que ocorreu na Califórnia.

“Minha presidência marcará um novo capítulo na liderança americana contra as mudanças climáticas”, disse Obama, na mensagem gravada em vídeo. Ele reiterou seu apoio ao sistema de créditos de carbono para cortar as emissões de gases poluentes e disse que estabelecerá metas anuais para reduzir as emissões de gases poluentes aos níveis de 1990 até 2020, e depois reduzi-las novamente em outros 80% até 2050. Obama também prometeu investir US$ 15 bilhões a cada ano para apoiar pesquisas das empresas privadas em busca de energias mais limpas.
O presidente dos EUA, George W. Bush, tem sido criticado por fracassar em fazer o suficiente para combater as mudanças climáticas e Obama já prometeu ação rápida para enfrentar o problema. Líderes no Congresso dos EUA, controlado pelos democratas, indicaram que não estão preparados para agir até 2010, para dar impulso a um projeto de lei que limitará a emissão de gases poluentes, responsabilizados pelo aquecimento global. Os EUA e a China são os dois maiores emissores de gases poluentes do mundo.