Obama reúne-se com políticos e cobra ações por reforma

0
491

Presidente volta a afirmar que medida a favor dos imigrantes deve partir do Legislativo e não da Casa Branca

Pela terceira vez em menos de um mês, o presidente Barack Obama reuniu-se com parlamentares dos dois partidos para tratar de reforma imigratória. O encontro desta semana aconteceu na última terça-feira, na Casa Branca, com a presença de 17 congressistas. Segundo o deputado Luis Gutiérrez (democrata de Illinois), que participou da reunião, um dos temas abordados foi o fim das deportações de jovens indocumentados que chegaram ao país ainda crianças. “Algo precisa ser feito”, ressaltou o deputado.

Apesar de ter repetido que, como presidente, não poderia passar por cima das leis, Obama disse que a solução para milhões de imigrantes na América não viria de um ordem do Executivo, mas de medidas legislativas do Congresso. Ele já havia se reunido em abril com um grupo de 80 representantes da sociedade civil “entre eles religiosos, ativistas, empresários e advogados de imigração” e, em outra oportunidade, com políticos e formadores de opinião na comunidade latina, sempre com o objetivo de discutir a possibilidade de uma eventual reforma, que poderia começar com a apresentação de projetos de lei de iniciativa bipartidária.

Um dos pontos mais debatidos foi em relação ao Dream Act, que daria a residência permanente para cerca de 850 mil jovens que chegaram aos Estados Unidos antes de completar 16 anos de idade e estão impedidos de ingressar na universidade. Outra questão de extrema urgência para os defensores dos direitos dos imigrantes é o fim das deportações de pessoas sem antecedentes criminais que sejam pais ou responsáveis de crianças cidadãs americanas..