Obama vence Romney no segundo debate

0
513

Presidente recuperou-se do mau desempenho do debate realizado em Denver

Os ares de Nova York parecem ter feito bem ao presidente Barack Obama. Depois de um desempenho sofrível no primeiro debate, realizado no início do mês em Denver, no Colorado, o mandatário mostrou firmeza no debate realizado nesta terça-feira (16) à noite na Hofstra University, em Nova York.

Desta vez, Obama acuou o rival, realçando as incoerências dele. Por exemplo, Romney assumiu uma postura dura contra a imigração ilegal durante as primárias republicanas, mas agora está tentando se vender como um candidato mais moderado. Entretanto, o presidente comentou que o consultor de Romney para assuntos de imigração é Kris Kobach, o articulador da rigorosa lei do Alabama.

Em relação à exportação de empregos para a China, Obama enfatizou que as empresas adquiridas por Romney e seus fundos de capital são as principais geradoras de emprego na China, na Índia e em outros países.

Outro ponto que Romney tentou levar vantagem foi na política energética. Obama reconheceu que o combustível está mesmo com um preço elevado, mas destacou estar investindo forte em fontes energéticas alternativas que são mais duradouras e menos poluentes para o meio ambiente. Além disto, está pondo pressão nas companhias petrolíferas para que perfurem poços em áreas do governo, em vez de ficarem sentadas em cima das reservas de petróleo à espera do melhor momento para explorar os recursos.

A gafe mais terrível cometida por Romney ocorreu na questão da Líbia. Ele garantiu que Obama jamais dissera que o ataque ao consulado americano em Benghazi, cidade da Líbia onde foram assassinados quatro funcionários diplomáticos americanos, entre eles o então embaixador dos EUA na Líbia, foi um atentado terrorista. A moderadora Cindy Crowley, da CNN, que mediou o debate confirmou que Obama reconheceu, sim, ter havido um ataque terrorista e prometeu encontrar e punir os responsáveis por esta ignomínia. A confirmação da moderadora deixou Romney desarmado, demonstrando claramente que ele e seus assessores não haviam feito a lição de casa adequadamente.

Após o debate, a pesquisa da CNN/ORC International apontou a vitória de Obama sobre Romney pelo placar de 46 a 39. O que os analistas não conseguiram prever é se esta vitória se reverterá nas pesquisas eleitorais, como ocorreu com Romney, uma vez que os indecisos parecem ainda continuar sem saber em quem votar no dia 6 de novembro.

Agora, com uma vitória para cada lado, tudo indica que o debate marcado para a Lynn University, em Boca Raton, para esta segunda-feira (22), será acirrado, porque os dois candidatos sabem que uma vitória neste debate pode ser determinante para conquistar quatro anos na Casa Branca.