Oficial afirma que EUA quase capturaram Bin Laden em 2003

0
427

Na semana em que o país lembrou o nono aniversário dos ataques terroristas aos Estados Unidos, orquestrados pela rede Al Qaeda, um oficial europeu rompeu o silêncio e revelou que a agência de inteligência americana quase capturou Osama Bin Laden. Segundo a fonte, especialistas de países ocidentais obtiveram informações privilegiadas sobre o paradeiro do homem mais procurado do mundo há cerca de sete anos, que estava na época na fronteira do Paquistão com o Afeganistão.

No entanto, de acordo com o depoimento obtido pela rede de televisão CNN, uma série de bombardeios na região de Tora Bora, onde Bin Laden se escondia em cavernas, fez com que os militares americanos perdessem contato com os militantes talebans e, consequentemente, interromperam o mapeamento dos movimentos do terrorista. Na ocasião, porém, as forças de coalisão conseguiram capturar o cérebro dos atentados de 11 de setembro de 2001 e um dos líderes da Al Qaeda, Khalid Sheikh Mohammed.

O ex-oficial citado pela CNN afirmou também que Bin Laden chegou a viajar várias vezes ao Afeganistão, apesar da presença de milhares de tropas americanas na região. No momento o inimigo número um dos EUA teria o papel de coordenação estratégica da rede terrorista, ao invés de se envolver em rotinas cotidianas e planejamento de ataques.