Opinião: Cristãos, sigam os ensinamentos de Jesus Cristo

0
767

Por *Bill Mefford

Caros amigos, a imigração é hoje um dos mais divisionistas assuntos de nossa época. Os argumentos são complexose multifacetados. Independente da visão política que cada um de nós possa ter em relação à imigração, nossa Tradição Metodista Unida, nossa principal cidadania no Reino de Deus, e nossas Sagradas Escrituras são bem claras sobre o chamado de Deus para os Discípulos de Jesus no que se refere ao entendimento da imigração e de suas ações em torno destes temas.

Leviticus ensina-nos que o estrangeiro que vive com vocês deve ser para você como um cidadão entre vocês; vocês devem amar o estrangeiro como você a ama a si próprio, porque vocês foram estrangeiros na terra do Egito: Eu sou o Senhor seu Deus. (Leviticus 19, NRSV)

Em Deuteronômio 10, encontramos estas palavras: Deus faz justiça para os pobres e para as viúvas, e ama os estrangeiros, fornecendo-lhes alimentos e roupas. Esta passagem do Deuteronômio 10 continua e diz isto: Vocês devem amar o estrangeiro, porque vocês foram estrangeiros na terra do Egito.

Em Romanos 12, ouvimos o elevado chamado que temos como seguidores de Jesus na comunidade cristã. Deixe o amor ser genuíno; odeie o que é diabólico, retende o que é bom; ame uns aos outros com afeição mútua; exceda um ao outro para demonstrar honra. Não fiquem no zelo, sejam fervorosos em espírito, servindo ao Senhor. Alegrai-vos na esperança, pacientes em sofrimento, perseverai na oração. Contribua para as necessidades dos santos; e estenda a hospitalidade aos estranhos.

A segunda sessão da 107ª Assembleia Geral do Estado do Tennessee está em pleno andamento. Na sessão do ano passado, vimos diversos esforços para criminalizar e depois marginalizar os membros da comunidade de imigrantes. Os esforços entre as organizações de direitos dos imigrantes, Clero da Tolerância e da Coalizão e Educação sobre Imigração foram bem-sucedidas em manter a linha e evitar que muitos dos projetos de lei anti-imigrantes se tornassem lei, mas a maioria está ressurgindo nas comissões e ameaçando novamente passar nestas comissões.

Além das leis anti-imigrantes que não foram efetivadas na última sessão, parlamentares eleitos acrescentaram quase uma dezena de novos projetos de leis em sua agenda. Uma vez mais, os legisladores estão priorizando custosos projetos de lei anti-imigrantes em vez de se concentrar nas reais prioridades dos moradores do Tennesse.

Alguns dias atrás, um projeto de lei que reproduzia um do Alabama chegou ao Comitê Judiciário da Casa. O HB2191 torna um crime Classe E, esconder, abrigar ou proteger de detecção ou transportar ou mover para outro lugar qualquer no Tennessee uma pessoa que sabidamente ou há uma dúvida razoável de ser um estrangeiro illegal. Felizmente, este projeto de lei foi retirado, devido ao grande número de ligações de cidadãos preocupados aos nossos legisladores.

Nós não precisamos deste tipo de legislação no estado do Tennessee. Nosso valores mais nobres como nação, muito menos como um povo da Metodista Unida de Deus nos obriga a nos levantarmos contra essas tentativas de reter hospitalidade ao estranho e ao estrangeiro.

Em nossos Princípios Sociais, encontramos estas palavras: Nosso respeito pela dignidade inerente de todas as pessoas nos leva a clamar pelo reconhecimento, proteção, e implantação da Declaração Universal dos Direitos Humanos para que todas as comunidades e indivíduos possam reivindicar e desfrutar de sues direitos universais, indivisíveis e inalienáveis. (Para. 162 p. 108) Mais adiante, nossos Princípios Sociais no Parágrafo 162. H) expressam isto: Reconhecemos, incluímos e confirmamos todas as pessoas, independente de seu país de origem, como membro da família de Deus. Instamos a Igreja e a sociedade a reconhecer os dons, as contribuições e as lutas daqueles que são imigrantes e advogam pela justiça para todos.

Insistimos que você esteja consciente destes assuntos em nosso estado e em nosso país nestes dias. Informem-se e e eduquem suas congregações sobre os temas da imigração.

Dissipar os mitos prejudiciais sobre imigrantes e de imigração existentes em nossas comunidades com boas informações fatuais. Preguemos o Evangelho da graça e da paz que conhecemos em Jesus Cristo!


*Bill Mefford, diretor de Direitos Civis e Humanos da Igreja Metodista Unida, fez esta carta aberta conclamando os fiéis de sua religião a amparar os imigrantes ilegais.