Organização La Raza pressiona Obama

0
502

Maior grupo hispânico nos Estados Unidos realizou conferência em Chicago, no mês de julho

Não foi por acaso que a maior organização hispânica de defesa dos direitos humanos realizou sua conferência anual em Chicago, no estado de Illinois, onde o presidente Barack Obama passou boa parte de sua vida e por onde ele se elegeu senador. No encontro de quatro dias, os ativistas ressaltaram que o momento é ideal para a tão esperada reforma imigratória e manifestaram sua confiança de que Obama vai conseguir colocar o tema em pauta no Congresso Nacional ainda este ano.

“Está mais do que na hora de aprovar uma lei sobre imigração abrangente. Não vamos deportar 12 milhões de indocumentados, até porque estas pessoas ajudaram a formar a América e merecem fazer parte do futuro do país”, acredita o senador Dick Durbin, democrata do estado de Illinois, que falou na abertura da conferência. Além dele, outros defensores da reforma também se manifestaram e destacaram que Obama precisa transformar suas palavras em atos práticos. “Sabemos que ele está bem intencionado, mas queremos mais ação a partir de agora”, afirmou Janet Murguia, presidente do Conselho Nacional de La Raza.

Ela ressaltou ainda que a demora na aprovação da reforma tem acirrado o preconceito contra imigrantes por parte dos americanos. “Notamos um aumento na discriminação contra nossa comunidade, especialmente nas palavras de formadores de opinião. Minha preocupação é que isso acabe influenciando a sociedade como um todo”, destacou Murguia, citando especificamente o caso dos apresentadores Rush Limbaugh e Michael Savage e de grupos como os ‘Minutemen’, que têm incitado a população contra os latinos. “Vimos isso no caso da nomeação da magistrada Sonia Sotomayor para a Suprema Corte”, lamentou a presidente da La Raza, tentando manter, contudo, o otimismo em relação à aprovação da reforma.