Oscar e Ganso brigam pela camisa 10

0
632

Os dois meias devem estar na equipe olímpica do Brasil em Londres

A concorrência pela camisa 10 da seleção brasileira se resume a dois jogadores: Oscar e Paulo Henrique Ganso. Os dois são nomes certos para a Olimpíada. Oscar se destacou na vitória contra os Estados Unidos, nesta quarta-feira (30) em Washington. O meia distribuiu o jogo e deu velocidade ao ataque. Mano Menezes diz ser cedo para dizer quem escolherá e cogita a participação de ambos no time.

“Quando o Mano me deu a 10, ele deu toda a confiança para a mim. Joguei no meu estilo de jogo, que é armando a equipe, afirmou Oscar.
Depois da partida, o meia disse que se sentiu à vontade por jogar na função que mais gosta de atuar. Uma das minhas características é essa, muita movimentação e tentar dar o máximo para a equipe fazer gols, declarou Oscar. Uma das minhas qualidades é errar pouco passe. Espero evoluir para errar cada vez menos, completou o jogador.

Cortado da seleção brasileira devido à cirurgia no joelho, Ganso era a principal opção de Mano antes do amistoso contra a Dinamarca, em Hamburgo, na Alemanha.

Com o veto do meia do Santos, Oscar foi escalado para o setor e não decepcionou: foi ao lado de Hulk o destaque contra os dinamarqueses, e brilhou na goleada frente aos Estados Unidos.