Pai prende filho com correntes por ter se casado sem permissão

0
689

O casamento sem a aprovação do pai teve conseqüências dramáticas para o jovem Rahul, 21, que está há três semanas amarrado com correntes de ferro no leste da Índia, informou nesta sexta-feira a agência indiana de notícias Ians.

Rahul casou-se no Estado de Bengala (leste), com uma moça por quem se apaixonou, Shenaz, mas seu pai decidiu acorrentá-lo para evitar que os jovens se encontrassem.

Rahul e Shenaz fugiram de casa em fevereiro e buscaram refúgio na casa de um parente, antes de se casarem no civil em um cartório de Calcutá.

Descontente com o casamento, os pais dos dois jovens denunciaram seu desaparecimento à polícia, o que não impediu as autoridades de ajudarem o casal a voltar para casa.

Apesar de as duas famílias terem concordado com o casamento após a volta dos jovens, o pai de Rahul, Mollah, decidiu separar o casal e acorrentou seu filho.

“Confinaram meu marido e o amarraram com uma corrente de ferro. Ficamos sem nos ver por três semanas”, disse Shenaz, que, no dia 7, denunciou o episódio.

Embora o conselho de sábios do povo `”panchayat”` tenha buscado uma solução aceitável para os dois lados, Mollah recusou qualquer tipo de negociação.

“Rahul cometeu um erro e tenho que explicar isso a ele até que se dê conta”, disse Mollah.

Desolada, Shenaz chegou a ameaçar se matar: “Não posso suportar o trauma mental que estou agüentando. Quero meu marido de volta”, disse a jovem.