Painel aprova mudança na polêmica lei do Alabama

0
683

Tentativa é amenizar o impacto sobre os indocumentados que vivem no estado

DA REDAÇÃO – Um projeto de lei que faz algumas alterações na polêmica lei foi aprovado nesta terça-feira (17) por um painel na Câmara Baixa do Alabama, mas os deputados estaduais democratas votaram contra sob o argumento que as mudanças não são suficientes para retirar o caráter racista da lei que visa sobretudo perseguir os indocumentados de origem latina.

O Comitê de Justiça e Segurança Nacional da Assembleia Legislativa aprovou por 6 votos a 3 a proposta apresentado pelo republican Micky Hammon, de Decatur. A proposta retira da lei a punição a religiosos e igrejas que venham ajudar imigrantes indocumentados, uma vez que na proposta original isto estava caracterizado como crime passível de punição.

O democrata Napoleo Bryce, de Mobile, se queixou que a proposta não abrange o ponto mais polêmico da lei, que é o direito de um policial interrogar um suspeito unicamente baseado no seu perfil racial.

Micky Hammon, por sua vez, afirmou que isto não faria sentido, porque a lei diz claramente que não pode haver nenhum tipo de perseguição às pessoas, com base em suas aparências físicas.

A proposta vai ser debatida no plenário da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (18), quando deverá ser aprovada, levando-se em conta que os republicanos são maioria no Legislativo do Alabama.