Paradinha nos pênaltis está com os dias contados

0
596

Joseph Blatter, presidente da Fifa chama artifício de “jogo sujo” e promete punir batedores

A paradinha, que voltou a ser moda nos gramados brasileiros este ano, está com os dias contados. O presidente da entidade, Joseph Blatter, foi claro e incisivo ao dizer que o artifício de o jogador interromper o movimento na hora da cobrança de pênalti é ilegal e deve ser punido com cartão amarelo pelos árbitros. O assunto estará na pauta dos comissários da International Board, órgão que regulamenta as regras do futebol, em outubro.

O objetivo do dirigente é, a partir desta reunião, emitir uma nota para todas as federações nacionais para que não aconteçam mais dúvidas ou interpretações sobre o caso. Blatter considera a paradinha uma infração à regra do futebol. “Não é justo. É uma infração, e o árbitro deve punir com o cartão amarelo. Se o jogador repetir, precisa ser expulso. Não é justo, é uma trapaça e precisa acabar”, afirmou o presidente da entidade máxima do futebol, comparando a irregularidade à simulação de um pênalti.