Paralisação parcial do governo americano pode afetar economia mundial

0
528

Obama adia visita que faria à Malásia e às Filipinas

DA REDACAO – A paralisação parcial do governo americano continua nesta quarta-feira (2), com cerca de 800 mil funcionários federais parados, parques nacionais fechados e alguns serviços não essenciais paralisados. A Casa Branca anunciou hoje (2) o cancelamento da viagem do presidente norte-americano, Barack Obama, à Malásia e às Filipinas – as duas últimas etapas de uma viagem ao Continente Asiático.

A paralisação pode representar novos riscos para a frágil economia mundial, advertiu o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

“É um risco para a economia mundial se os Estados Unidos não escolherem adequadamente os seus planos de despesa e de redução do déficit”, disse Cameron à Rádio BBC, depois de o Congresso dos Estados Unidos não ter conseguido chegar a acordo sobre o Orçamento, provocando a suspensão dos serviços federais.

Segundo economistas, a paralisação da administração federal pode abrandar o crescimento da maior economia mundial. “Penso que também deve chamar a atenção para a necessidade de um plano plurianual, de longo prazo, para baixar os déficits”, acrescentou Cameron.

Cerca de 800 mil funcionários considerados não essenciais, num total superior a dois milhões, foram colocados em licença não remunerada. A situação também obrigou o fechamento de parques nacionais, museus e monumentos públicos, como foi o caso da famosa Estátua da Liberdade, em Nova York. A última paralisação parcial dos serviços federais ocorreu em janeiro de 1996 e durou 21 dias.