Pedidos de auxílio-desemprego sobem em 10 mil na semana nos EUA

0
352

O número de pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA subiu em 10 mil na semana encerrada em 30 de dezembro, totalizando 329 mil pedidos iniciais do benefício, informou nesta quinta-feira o Departamento do ?Trabalho.

O total de pedidos iniciais divulgado hoje é o maior desde o número referente à semana encerrada em 25 de novembro, 358 mil, e marcou também a terceira semana consecutiva de aumentos nos pedidos pelo benefício.

Segundo analistas, o resultado mostra ainda que, apesar do aumento, o total mostra que o mercado americano de trabalho está em condição saudável, apesar da economia ter sofrido desaceleração.

O total da semana imediatamente anterior foi revisado para 319 mil. A média quadrissemanal de pedidos, que atenua as volatilidades das leituras semanais, ficou em 317.500, um aumento de 1.250 em relação à média imediatamente anterior, 316.250.

Amanhã devem ser divulgados a taxa de desemprego e o número de novos postos de trabalho referentes a dezembro. A expectativa é de que tenha sido abertas 110 mil vagas (em novembro foram criados 132 mil) e que a taxa de desemprego tenha ficado em 4,5%.

A economia americana teve crescimento de 2,2% no terceiro trimestre de 2006, menor resultado do ano até o momento –no primeiro trimestre a exoansão foi de 5,6% e, no segundo, de 2,6%. Segundo analistas, a queda de atividade no mercado imobiliário residencial foi o principal fator a causar o desaquecimento da economia dos EUA.