Pelo menos 12% dos bancos nos EUA ainda inspiram cuidados

0
714

Mesmo com economia em recuperação, 884 instituições financeiras americanas correm risco de falência

O total de bancos problemáticos nos Estados Unidos subiu de 860 para 884 no quarto trimestre de 2010, ou seja, perto de 12% das 7.657 instituições financeiras no país ainda têm o risco de falir. O levantamento foi feito pela Corporação Federal de Seguro de Depósito (FDIC, na sigla em inglês) e não deixa de ser uma surpresa para o mercado e para a população, que têm visto a economia se recuperar.

O total de ativos destes bancos problemáticos aumentou para 390 bilhões de dólares. No quarto trimestre de 2010, 30 instituições financeiras faliram, num total de 157 no ano inteiro, a maior marca desde 1992. Em 2011, até o dia 18 de fevereiro, 22 bancos declararam falência nos EUA, elevando para 347 o total registrado desde o início da crise financeira, no final de 2007. Essas quebras geraram um custo à FDIC de mais de 75 bilhões de dólares até agora.