Pena de 30 anos de prisão para brasileiro de Framingham

0
812

O brasileiro Evandro Doirado vai passar pelo menos os próximos 25 anos na prisão. Ele foi considerado culpado pelos crimes de sequestro e estupro de uma mulher em Framingham, Massachusetts, em 2005. Depois da pena, Evandro deverá ainda passar por um período de 10 anos de liberdade vigiada, usando um aparelho monitorador de GPS e sob o registro de “agressor sexual” – isso se não for deportado para o país natal.

O crime aconteceu poucos dias antes do Natal de 2005, quando a vítima – escolhida aleatoriamente – fazia compras em um mall. Acompanhada do filho de 2 anos, a mulher foi rendida sob ameaça de uma faca e levada para um motel em Plymouth, na mesma região. Lá, durante três dias, o brasileiro estuprou a vítima diversas vezes, algumas delas na frente da criança. Ele foi preso na saída do motel, depois que um comerciante da região percebeu a situação de cativeiro.

Evandro também confessou que, antes do sequestro, esfaqueou um homem no pescoço – na verdade a pessoa que lhe fornecia drogas.
Ele teria dito a policiais que pensou ter matado o homem, e como sabia que sua “vida estava acabada” queria “se divertir” antes de ser preso. Devido à frieza e gravidade dos crimes, o promotor recomendou de 50 a 75 anos de cadeia.