Pesquisa mostra os números da impunidade no país

0
309

A sensação de impunidade no País fica clara com os números de uma pesquisa realizada pelo delegado Gustavo Schneider, do Rio Grande do Sul: segundo ele, cerca de 80% dos crimes comunicados à Polícia Federal não são esclarecidos. As causas que ajudam a explicar o problema estão as falhas na investigação e a lentidão da Justiça.

De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU), analisados na pesquisa, nos últimos 20 anos o número de inquéritos abertos pela PF cresceu 2.000%. É um aumento de 145% por delegado. Para o organizador do estudo, a melhor maneira de reverter esse panorama é a priorização nas investigações e, para isso, ele cobra mais autonomia. “As autoridades policiais devem ter maior independência para atuar com isenção em relação a processos políticos, às injunções governamentais de ocasião. Nossas polícias judiciárias, tal como o Ministério Público e o Poder Judiciário, têm de ser instituições de Estado, não de governo”, diz o delegado.