Pesquisa mostra que consumidor está mais otimista com a economia

0
878

Indice medido em janeiro é o maior em oito meses

A economia americana ainda não deu sinais concretos de recuperação, mas uma sondagem de um instituto de pesquisa mostrou que a população dos Estados Unidos está acreditando em dias melhores. De acordo com a pesquisa, o nível de confiança do consumidor no cenário atingiu seu maior patamar dos últimos oito meses 60,6 pontos em janeiro, contra 53,3 em dezembro de 2010.

O resultado é também bem superior à expectativa do setor financeiro, que projetava um número em torno dos 54,3 pontos. Analistas afirmam que o indicador refletiu um cenário de melhora do mercado de trabalho e do setor manufatureiro, e a percepção de que a economia cresce em bases um pouco mais sustentáveis. Curiosamente, o último relatório oficial sobre a geração de empregos apontou a criação de 103 mil vagas em dezembro, abaixo do esperado, enquanto que os dados de outubro e novembro foram melhores do que o estimado.

Tudo esse otimismo, porém, ainda precisa passar por um teste de fogo. O governo está prestes a divulgar a primeira estimativa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto, a soma das riquezas do país), referente ao quarto trimestre do ano passado. Uma má notícia pode esfriar o ânimo da população.

Economistas de várias empresas do país, no entanto, aumentaram suas projeções para o desenvolvimento econômico. Já o índice de desemprego também deve registrar queda, especialmente depois que o número de trabalhadores que entraram pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego ficou abaixo do esperado.