Piloto mirim brasileiro disputa prova de kart em Orlando neste fim de semana

0
669

Com apenas 11 anos, Gianluca já conquistou títulos no Brasil e no exterior

DA REDAÇÃO

Piloto mirim brasileiro disputa prova de kart em Orlando neste fim de semanaGianluca Petecof tem apenas 11 anos, mas já conquistou vários títulos de relevância nacional e internacional como piloto de kart. Neste fim de semana (13 e 14 de setembro), o paulista encara mais um desafio em busca do seu segundo campeonato internacional. Petecof disputará o título da Rok Cup USA, na categoria Mini Rok, na quinta e decisiva etapa da competição no kartódromo de Orlando, o Orlando Kart Center.

Líder do campeonato na categoria Mini Rok, o piloto brasileiro tem uma grande vantagem para o segundo colocado e a um passo de conquistar mais um título nos Estados Unidos. O campeão terá sua vaga assegurada na final mundial da Rok Cup, em outubro, na Itália.

Gianluca chegou ao Orlando Kart Center na última quarta-feira, quando começaram os primeiros testes visando a final da Rok Cup USA. O piloto, que representará a equipe A.M. Engines, tem ótimas recordações da pista, uma vez que foi lá, em março, que sagrou-se campeão do Florida Winter Tour na categoria Rotax Mini Max após triunfar nas duas provas. Esse foi seu seu primeiro título em solo norte-americano. Neste fim de semana, contudo, as corridas serão realizadas no traçado invertido, o que sempre traz um desafio a mais para os competidores.

A grande final da Rok Cup USA terá pontuação dobrada, ou seja, com 750 pontos em jogo, por isso o brasileiro entende que é preciso domar a ansiedade, focando em cada corrida por vez. Assim como em todas as etapas da competição, a disputa em Orlando compreende três baterias classificatórias, a pré-final e a grande final, que será realizada no domingo.

Outra motivação pra lá de especial para Gianluca Petecof é o prêmio pela conquista do importante título da Rok Cup USA, um dos mais prestigiados do kartismo mundial. O piloto campeão garantirá automaticamente uma vaga para a final mundial da Rok Cup, que será disputada no mês de outubro, na Itália, e que pode marcar a estreia do paulista em competições europeias.

“Não vejo a hora de começar a acelerar nesta grande final. Eu e toda nossa equipe vamos trabalhar muito em cada detalhe, confiamos no nosso potencial, mas sabemos que esse caminho não é fácil. Por isso, vamos pensar em uma corrida por vez, sem preocupação com a pontuação até domingo, pois tudo pode acontecer. Tenho ótimas recordações de Orlando, porque foi aqui que fui campeão do Florida Winter Tour. Estou muito motivado e determinado para conquistar meu segundo título aqui nos Estados Unidos.”