Polêmica, venda de Neymar ao Barcelona gera 4º processo

0
523

Polêmica, venda de Neymar ao Barcelona gera 4º processoA venda de Neymar ao Barcelona gerou nesta semana mais um problema na Justiça, especificamente para o pai do jogador. Agora, o fundo Terceira Estrela (criado por conselheiros do Santos e que tinha 5% dos direitos do atacante) move ação para ter acesso a todos os documentos firmados entre Neymar pai, suas empresas e o clube espanhol. Criado por conselheiros do Santos, o Terceira Estrela é um fundo de investimentos que visa arrecadar reforços para o clube.

Esse é o quarto processo judicial ou administrativo envolvendo a diferença entre a cifra inicialmente declarada pelo Barcelona sobre o passe do craque (17,1 milhões de euros) e a quantia efetivamente desembolsada pelo clube, acrescida de contratos paralelos com o pai do jogador e suas empresas – montante que pode chegar a 86 milhões de euros.

Outros processos que envolvem a ida de Neymar para a Europa são ação movida pelo grupo DIS, que detinha 40% dos direitos econômicos do jogador (processo movido diretamente contra Neymar e o Barcelona); ação movida pela Justiça Espanhola e investigação da negociação sendo conduzida pela Receita Federal. De todas as partes que detinham direitos do atacante, a única que ainda não acionou a Justiça é o Santos.