Polícia desmantela rede brasileira de imigração ilegal na região de Paris

0
505

A polícia francesa efetuou esta semana uma ampla operação contra uma rede de ajuda à imigração ilegal na região de Paris organizada por brasileiros para imigrantes sem papéis procedentes do Brasil.

Dos 109 detidos na batida, 79 ficaram presos, entre eles treze brasileiros suspeitos de organizar a rede de tráfico e de explorar os imigrantes ilegais, majoritariamente procedentes do Brasil.

Por se tratar de uma investigação por delitos cometidos como uma quadrilha organizada para ajuda à entrada, circulação e permanência irregular de estrangeiros na França, os treze podem ficar detidos durante no máximo quatro dias, antes de serem transferidos para a esfera judicial. Os demais, em sua maioria estrangeiros em situação ilegal, poderão ser expulsos.

A operação, deflagrada nesta terça-feira em 17 cidades da região de Paris, foi o encerramento de duas investigações iniciadas em fevereiro e março deste ano.

O detonador do processo foi o controle, pelos policiais, de diversas obras de construção em que trabalhavam imigrantes ilegais brasileiros com falsa documentação portuguesa.

Quase 320 policiais participaram da operação destinada a “por fim à exploração do desamparo humano”, em condições de alojamento “insalubres”.

Os treze possíveis membros da rede de tráfico são suspeitos de organizar a chegada de estrangeiros em situação irregular, “essencialmente do Brasil”, e sua estadia em território francês, “explorando-os e alojando-os em condições indignas”, afirmou a nota divulgada pela polícia francesa.

Os imigrantes sem papéis precisavam pagar um aluguel elevado por um alojamento em condições insalubres e de total confinamento, indicaram as fontes.