Polícia procura sequestrador em Broward

0
650

Suspeito sequestrou e imobilizou uma mulher com fita adesiva em North Lauderdale

Investigadores do Broward’s Sheriff Office divulgaram no domingo o retrato falado do homem que sequestrou uma mulher a mão armada em North Lauderdale. O bandido abordou a vítima quando ela entrava em seu carro e a imobilizou com uma fita adesiva. A ação foi notada por uma testemunha, que ligou para 911. Agentes do BSO localizaram o carro e começaram uma perseguição.

O homem escapou pulando do carro da vítima durante a perseguição.

A vítima foi identificada como sendo Judith Moncion (28), moradora de Lauderhill, que não teve ferimentos sérios. Os investigadores disseram que as intenções do bandido não ficaram claras.

Segundo o BSO, Moncion saía de uma loja no 7250 da W. McNab Rd., em North Lauderdale, pouco depois das 10:30 PM. Assim que ela entrou em seu Cadillac 1994, o homem repentinamente abriu a porta do carro e apontou uma arma para Moncion, enquanto dizia para ela ficar quieta.

Moncion assim mesmo conseguiu gritar, mas o bandido a calou e imobilizou com uma fita adesiva. Ela então foi colocada no banco de trás e o bandido partiu com o carro. Uma testemunha viu o ataque e ligou para o 911, que localizou o Cadillac e iniciou uma persguição. Os agentes alcançaram o carro, e enquanto tentavam fazê-lo parar o bandido escapou pulando dele em movimento, para em seguida fugir pulando o muro do condomínio Player’s Place. Moncion conseguiu passar para o banco da frente do carro e frear antes que ele batesse numa loja do Taco Bell.

O detetive John McMahon ouviu a vítima e comopôs um retrato falado do suspeito, descrito como um homem negro com 5’5 de altura, pesando entre 105 e 120 libras. É magro, musculoso, e usava shorts e uma touca.

Qualquer informação sobre o suspeito deve ser repassada ao detetive James Ramirez, pelo telefone (954) 321-4272, ou reportada anonimamente ao Crime Stoppers of Broward County, através do (954) 493-TIPS, ou ainda online, pelo website www.browardcrimestoppers.org.

O Crime Stoppers pagará até $1,000 por informações que levem à prisão.