Pompano Beach pode alterar horário de venda de bebidas alcoólicas

0
750

Município tem interesse de estender o horário, hoje limitado até 2 horas da madrugada, para aumentar a arrecadação de impostos

O horário de venda de bebidas alcoólicas em Pompano Beach pode mudar ainda este ano. O que vai determinar a mudança são as eleições para o referendo local marcadas para o dia 14 de agosto, quando os eleitores de Pompano, cerca de 65 mil pessoas, decidirão se deixam, ou não, nas mãos dos vereadores da cidade o poder de decisão sobre o horário de venda de bebidas.

Nos últimos 40 anos, segundo o vice-prefeito, George Brummer, os eleitores precisaram ser consultados sobre qualquer decisão sobre o assunto, o que gera mais trabalho e tempo dos vereadores. Em cidades pequenas, como Pompano Beach, os comissioners trabalham apenas meio período.

Ele lembra ainda que, em outras cidades como Fort Lauderdale, a venda é permitida até 4 horas da manhã. Na sua opinião, Pompano Beach está atrasada na decisão e perdendo recursos financeiros com o horário reduzido das vendas de álcool. Atualmente, os estabelecimentos comerciais que vendem bebidas alcoólicas só podem disponibilizar o produto até as 2 horas da manhã, voltando às atividades normais após às 7 da manhã. Aos domingos, o horário é ainda mais apertado, somente a partir do meio dia.

Brummer afirmou que ainda é apenas uma proposta, mas o grupo de vereadores volta a se reunir em setembro desde ano. Se os eleitores de Pompano votarem a favor da mudança na lei local, deixando para os vereadores estabelecer o horário de venda de bebida, o assunto pode estar em pauta já em setembro.

O vice-prefeito espera boa participacão local no dia 14 de agosto. “Espero que isso seja aprovado, o munícipio pode arrecadar mais impostos”, acredita.

Se houver a mudança, a gerência do Isle Cassino, aprova a decisão. “O povo de Pompano Beach elege os vereadores para governar em seu nome. Se houver a mudança de horário na venda de alcool isso será de grande benefício para nós”, disse o diretor do cassino, Rob Wyre, através de sua assessoria de imprensa. Este é o único estabelecimento no gênero em Pompano Beach e mais de duas milhões de pessoas passam pelo local anualmente. Cerca de duas mil pessoas trabalham nas instalações.

O referendo de Pompano Beach ainda traz outras duas questões a serem votadas pelo público. Uma delas é sobre a transferência de áreas para a Agência Municipal de Desenvolvimento e a última sobre a permissão dos vereadores, que apenas trabalham meio período, para desenvolver outras atividades remuneradas em seu horário livre.

Os moradores que podem votar devem fazer o registro até o dia 16 de julho. Outras informações sobre as eleições pelo site www.browardsoe.org.