Presidente Gerald Ford morre aos 93 anos nos EUA

0
902

O presidente norte-americano Gerald Ford morreu aos 93 anos nesta terça-feira (26). Ford, que assumiu o cargo após a renúncia de Richard Nixon, na esteira do escândalo Watergate, tornou-se o único presidente não-eleito da história dos EUA.

O anúncio da morte foi feito pela viúva do ex-presidente, Betty Ford. “Minha família me acompanha ao compartilhar a dura notícia de que Gerald Ford, nosso querido marido, pai, avô e bisavô faleceu aos 93 anos de idade”, afirmou o comunicado da ex-primeira dama. “Sua vida esteve plena de amor a Deus, à sua família e ao seu país”, acrescentou o texto, sem mencionar as causas da morte.

Ford foi o ex-presidente de maior longevidade, ao lado de Ronald Reagan, que também morreu aos 93. Ford enfrentara uma pneumonia em janeiro deste ano e sofria de problemas cardíacos. Em agosto, passou por uma angioplastia na Clinica Mayo, em Rochester, no Estado norte-americano de Minnesota.

Ford foi escolhido como vice do presidente Richard Nixon e assumiu o cargo em dezembro de 1973, após a queda do então vice-presidente, Spiro Agnew, por denúncias de corrupção. Nixon renunciou em agosto de 1974, após as acusações de praticar escutas ilegais contra adversários políticos, no escândalo conhecido como Watergate.

Um mês após assumir a Presidência, Ford concedeu um perdão para todos os crimes cometidos pelo seu antecessor. Para muitos analistas, o gesto foi decisivo para a derrota de Ford nas eleições de 1976. O republicano perdeu para o democrata Jimmy Carter.

Foi no governo de Ford –38º presidente dos EUA– que a guerra do Vietnã chegou ao fim, com a queda de Saigon, em abril de 1975. No seu governo de pouco mais de dois anos, Ford foi alvo de dois atentados fracassados (leia mais).

A viúva de Ford, Betty, tornou-se conhecida por assumir publicamente seu vício em álcool e liderar campanhas de combate ao alcoolismo.