Preso casal de médicos que deixou filho de 15 anos realizar cesariana

0
552

A polícia indiana prendeu nesta segunda-feira um casal de médicos que deixou seu filho de 15 anos realizar uma cesariana para, supostamente, “marcar um recorde” no hospital de Tâmil Nadu (sul da Índia) que eles administram, informaram fontes oficiais.

A prisão do casal, um cirurgião e uma ginecologista, aconteceu “depois que os investigadores reuniram provas sobre o caso e entregaram um relatório à autoridade competente”, disse um policial citado pela agência de notícias “PTI”.

A operação foi feita semanas atrás em Manaparai, onde o garoto, estudante secundarista, teria praticado com sucesso uma cesárea na maternidade administrada por seus pais, que o encorajaram.

O caso foi divulgado quando o pai informou a “façanha” de seu filho em uma recente reunião da Associação Médica Indiana. Ele teria mostrado um vídeo como prova da operação, segundo médicos de Tâmil Nadu.

Em meio à polêmica, o cirurgião assegura agora que foi ele quem praticou a cesárea e que o filho só olhava.

Segundo a imprensa indiana, a paciente, cujo paradeiro é desconhecido, não teria sido consultada para consentir que o adolescente fizesse a operação.

A Associação Médica Indiana adotou uma resolução para tomar medidas disciplinares contra os pais do garoto.