Procuradora-geral não cumpre lei que criou na Inglaterra

0
742

Patricia Scotland empregava imigrante indocumentada e sofre pressão para renunciar

A Procuradora-Geral do governo britânico, Patricia Scotland, recebeu uma multa equivalente a oito mil dólares por ter contratado uma empregada sem permissão de trabalho no país. A principal assessora jurídica do governo, porém, afirmou que cometeu um engano ou, como ela mesmo disse, uma “infração técnica”. Curiosamente, Scotland ajudou a criar a legislação sobre o emprego de imigrantes ilegais quando era ministra do Interior. A oposição no país exige a saída da Procuradora-Geral do cargo. Ela foi a única pessoa física entre as mais de mil multas já aplicadas na Grã-Bretanha.