Quase 700 mil novos cidadãos americanos no ano fiscal 2011

0
393

Assim que o pedido é recebido e aceito pelo USCIS, o aspirante a cidadão tem de ir para uma entrevista com um agente de imigração para fazer o exame de inglês e civismo

Um relatório do Departamento de Segurança Nacional (DHS) revelou que durante o ano fiscal 2011 um total de 694.193 estrangeiros se converteram em cidadãos americanos, e destes 94.783 eram originários do México.Em segundo lugar veio a Índia com 45.985, seguida pelas Filipinas com 42.250, China com 32.864 e Colômbia com 22.693.

O DHS disse ainda que o total de novos cidadãos cresceu pouco mais de 10% em relação ao ano fiscal 2010, que foi de 619.913, lembrando que as naturalizações de 2008 superararam a casa de um milhão.

Em outro relatório o governo destacou que durante o mesmo período (o ano fiscal americano inicia em 1º de outubro e encerra em 30 de setembro do ano seguinte), foram concedidas 1.062.040 residências permanentes e 580.092 delas foram dadas por ajuste de status. O número supera em 50 mil o alcançado durante o ano fiscal 2010.

Entre outras categorias, a residência permanente dos Estados Unidos é obtida por parentesco e/ou petição familiar, casamento com cidadão, petição baseada em emprego, Loteria de Vistos, refúgio ou asilo e a lei NACARA.