Rejeitada emenda que daria poderes à polícia de questionar status de imigrantes

0
416

Da redação
Com score apertado foi rejeitada às 13h12 de hoje, a emenda de autoria do senador Norm Colleman (R-Minnesota), que determinaria o compartilhamento de informações pessoais dos imigrantes, entre órgãos federais e autoridades policiais locais. Com a lei, os policiais de todo o país ganhariam o direito de questionar o status imigratório das pessoas, nas ruas. Os imigrantes também ficariam sujeitos a terem seu recorde pessoal questionado antes de qualquer processo de legalização.
Também hoje, ao meio-dia, os senadores votaram e aprovaram – por 86 votos contra 10-, a exclusão dos filhos de filipinos, veteranos da II Guerra Mundial, da cota de vistos anuais. Com a medida, descendentes dos veteranos de guerra terão acesso direto aos vistos concedidos pelo departamento de imigração, sem ter que entrar na fila. A emenda foi de autoria do Senador Akaka, do Hawai.
No momento o Senado vota outras emendas referentes à reforma imigratória.
Acompanhe a votação ao vivo