Renato Gaúcho deixa o comando do Grêmio

0
529

Cuca, recém-demitido do Cruzeiro, é o nome mais forte para assumir o clube gaúcho

Depois de receber o pedido de demissão de Renato Gaúcho, a saída do técnico foi oficializada nesta quinta-feira à tarde. O treinador gremista não resistiu às cobranças da direção, mesmo recebendo apoio da torcida em sua chegada ao clube. Além da queda de rendimento e resultados, o técnico sofria pressão da direção. Junto com Renato, o vice de futebol Antônio Vicente Martins esteve presente conversando com a imprensa.

Estamos comunicando oficialmente a saída do Renato. Depois do jogo, ele fez o pedido para a direção que queria sair. Pedimos um tempo, conversamos e aceitamos. Isso é um até logo, e o Renato vai ter ainda seu retorno para o Grêmio no futuro. Em meu nome quero agradecer o técnico pelo trabalho que fez pelo clube, disse o vice de futebol Antônio Vicente Martins.

Renato Gaúcho encerra sua participação no Grêmio com 66 jogos, 34 vitórias, 16 empates e 16 derrotas, o que totaliza 59,6% de aproveitamento. No entanto, houve uma queda drástica de 2010 para 2011. No ano passado, a arrancada que saiu da zona do rebaixamento e partiu para classificação à Libertadores, contou com 65,4% de aproveitamento, refletido em 15 vitórias, 6 empates e 4 derrotas. Porém, neste ano houve a queda de praticamente 10 pontos percentuais. Ao todo foram 19 vitórias, 10 empates e 11 derrotas, com 55,8% de aproveitamento.

Renato Gaúcho e a direção do Grêmio viviam problemas de relacionamento desde que a atual gestão assumiu o comando do clube. Discussões, críticas públicas, cobranças por reforços, pedido de dispensa, tudo movimentou os contatos entre Paulo Odone e seus pares com Renato.

Porém, o grupo do Grêmio sempre mostrou apoio ao treinador. Mas os resultados pararam de acontecer. Na quarta-feira, o último jogo do time tricolor acabou gerando irritação da torcida. Após estar perdendo por 2 a 0, a equipe conseguiu o empate no último minuto contra o Avaí, um dos piores do Campeonato Brasileiro.

O Grêmio passa, agora, a procurar um treinador e pretende formalizar o anúncio o mais rápido possível. Entre os nomes pretendidos e disponíveis no mercado, Cuca é visto com bons olhos. Além dele Diego Aguirre também está cotado.