Rio tem um longo caminho até a Copa e as Olimpíadas

0
500

Apesar das promessas dos governantes, cidade vê número de homicídios crescer em 2009

Mesmo tendo colocado em prática de atuação e de estabelecimento de metas visando preparar a cidade para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, a Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro percebeu que ainda há muito o que ser feito. De acordo com as estatísticas oficiais, o número de homicídios no Estado cresceu 1,3% em 2009, enquanto as autoridades esperavam uma redução de 11,7% neste tipo de crime.

Foram registrados 5.794 homicídios no ano passado, a maior parte deles no segundo semestre. “O sinal amarelo acendeu”, disse o subsecretário de Operações da Secretaria, Roberto Sá, admitindo que mudançãs serão necessárias. Para piorar, os outros tipos de crime também registraram aumento na incidência de casos. Por exemplo, os roubos às residências cresceram 11,3% ( 1.662 ocorrências). “Vamos introduzir um novo planejamento integrado e as metas a serem alcançadas nos próximos quatro anos serão de conhecimento da população”, garantiu o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame.

O consolo é que o índice de 34,6 casos para cada cem mil habitantes em 2009 é o menor em 10 anos, apesar do crescimento em números absolutos.